A WePlay! Esports é finalista do PR Daily 2020 CSR Awards

A WePlay! Esports é finalista do PR Daily 2020 CSR Awards

2 de Julho de 2020
2020 Lido há 4 minutos

A WePlay! Esports está na lista dos finalistas do prestigioso prêmio internacional de relações-públicas e comunicação PR Daily's Award.

A campanha de comunicação da maratona de esports para a caridade WeSave! Charity Play foi observada pelos jurados americanos. A WePlay! Esports e quatro outros projetos irãocompetir para vencer o prêmio final do PR Daily 2020 Corporate Social Responsability Awards na categoria de arrecadação de recursos e iniciativa filantrópica.

Uma maratona online de Dota 2 incluindo 24 times profissionais ao redor do mundo começou no final de Março de 2020. Toda a premiação - quer dizer, US$188.879 - foi transferida para os fundos da CEPI e da GlobalGiving, que estão lutando contra a pandemia.

Quem está lutando pelos PR Daily 2020 CSR Awards?

Quem busca por essa premiação são comunicadores, times de imprensa e agências que sabem entregar mensagens poderosas para uma audiência. Usando suas habilidades profissionais, eles fazem um mundo melhor, mais saudável e mais seguro.

A WePlay! Esports é a única representante da região da CEI dentre os participantes, devido à tendência global de desenvolver a indústria de Esports como um todo.

Os vencedores serão anunciados nas próximas semanas. Sabemos que as seguintes agências de comunicação foram também nomeadas na mesma categoria:

  • All In On Recycling, The PepsiCo Foundation & The Recycling Partnership
  • CopperPoint Cares – Valley of the Sun United Way Campaign, CopperPoint Insurance Companies
  • PHL Cares, Philadelphia Convention and Visitors Bureau
  • Save the Redwoods League / “The Campaign to Save Alder Creek”, Landis Communications Inc.

A maratona online foi organizada num record de sete dias

Isso é quanto tempo passou desde a ideia até a transmissão. Ao mesmo tempo, a situação mundial estava piorando, o vírus estava se espalhando na velocidade da luz, e países estavam fechando suas fronteiras numa velocidade tão rápida quanto. Nessas circunstâncias, a única decisão correta era responder rapidamente e decidir como ajudar a lutar contra a pandemia.

from

“Não tínhamos certeza se os times e comentaristas iriam concordar em participar de graça, e se partidas sem uma premiação iriam agradar a audiência. Mas com a montanha de feedback positivo que recebemos, ficou claro que tudo iria dar certo. Como resultado, o projeto foi muito bem-sucedido. A WeSave! Charity Play virou o nosso melhor torneio atualmente. Conseguimos juntar os melhores times e organizar um show valioso,” diz Oleh Humeniuk, Gerente Geral na WePlay! Esports.

A mídia de 29 países comentou sobre a maratona 842 vezes. Como a maratona conseguiu isso?

Quando o coronavírus se tornou um problema global, todos unidos, ficou claro que áreas completamente diferentes precisavam agir juntas. Esports têm todas as condições para isso acontecer, e a WePlay! Esports usou todas as ferramentas de comunicação disponíveis para tanto.

from

“A maratona para a caridade foi feita para ajudar o mundo, não importa o quão patético soe: essa ideia é muito mais profunda do que esports. A tarefa tática era clara: Juntar dinheiro para ajudar a derrotar a pandemia. Claro que isso foi fundamental para a organização. Graças ao relacionamento bacana com a mídia, logo os veículos endêmicos compraram a ideia, e a mídia não-especializada também não ficou indiferente. E apesar do tempo para o anúncio e a promoção do evento na imprensa ser um absoluto record, a WeSave! Charity Play foi um dos nossos maiores sucessos de comunicação,” comenta Alena Dalska-Latosiewicz, Diretora de Comunicações na WePlay! Esports.

O slogan do evento, “Play to save the world”, atingiu o mercado diretamente. A maratona online atraiu atenção ao redor do mundo, indo muito além dos esports, e expandiu a atenção à indústria.

from

Velocidade e interatividade

Fronteiras fechadas muito rapidamente. Ficou claro que nãos eria fácil, mas era uma oportunidade para navegar e criar uma maratona única rapidamente. Dez horas passaram da ideia ao conceito. Em apenas sete dias, a empresa organizou o evento.

Transparência é essencial para a caridade

A empresa desenvolveu um mecanismo compreensível e fez seu software para a arrecadação de recursos. Todo o valor coletado foi dividido igualmente entre a CEPI e a GlobalGiving que ajudam a derrotar a pandemia do coronavírus.

A CEPI ajuda a desenvolver a vacina, enquanto a GlobalGiving compra máscaras, equipamentos de proteção pessoal, equipamento médico e ajuda a todos que precisam de proteção aqui e agora.

Ajuda da comunidade e engajamento

Jogadores, apresentadores e especialistas, todos trabalharam pro bono (gratuitamente) como voluntários. O torneio foi assistido em todos os continentes. Mais de mil pessoas ajudaram na captação de recursos. De acordo com o Esports Charts, as transmisssões tiveram um pico de 161.215 pessoas assistindo simultaneamente. Estúdios parceiros transmitiram a maratona em português, chinês, francês, alemão, turco, árabe e mongol.

Dada a natureza de caridade do evento, o interesse da imprensa estava altíssimo. Estrelas do show business ucraniano também auxiliaram a maratona, como Michelle Andrade e Nata Zhizhchenko (ONUKA), o que fortaleceu a comunicação com a audiência fora do padrão.

A mídia fora do ecossistema também escreveu sobre, mesmo que normalmente não cubra esports. Forbes e Reuters criaram matérias sobre o evento.

Hoje em dia, esports são uma indústria completamente individualizada, que desenvolve não apenas os negócios e seus participantes como também está preparada para aceitar desafios e ajudar a sociedade. Essa é a posição de qualquer indústria socialmente responsável e o WeSave! Charity Plays mostrou que funciona.

Informação de contato para veículos de mídia: press@weplayholding.com


Escolher uma categoria