Oleg Krot: "O status oficial dos eSports permite dissipar os mitos sobre a 'não-seriedade' da indústria".

Os eSports se tornaram um esporte oficial na Ucrânia. O que isso significa?

4 de Janeiro de 2021
Intuições Lido há 3 minutos

O Sócio-Executivo da WePlay Esports Media Holding, Oleg Krot conversou com Суспільне sobre o significado do novo status da indústria.

Em 7 de setembro, a Ucrânia reconheceu o eSports como um esporte oficial ao nível legislativo. A decisão foi tomada por maioria de votos em uma reunião da Comissão de Reconhecimento dos Esportes do Ministério da Juventude e Esportes.

Numerosos veículos de comunicação locais e estrangeiros, assim como funcionários públicos, escreveram sobre este evento. Os representantes do setor também compartilharam suas opiniões sobre a importância do novo status dos eSports. Oleg Krot, Sócio-Executivo da WePlay Esports Media Holding e membro da diretoria da Associação Ucraniana de Esports Profissionais, também se juntou à discussão.

Em uma entrevista com Cуспільне, Oleg descreveu como esta decisão poderia influenciar o crescimento dos eSports, assim como as operações de organizações, operadores de torneios, equipes e outros jogadores do setor.

O que esta etapa significa para o cenário de eSports na Ucrânia em geral e para a WePlay Esports em particular?

Acredito que o reconhecimento dos eSports no nível legislativo é uma grande vitória de reputação para a comunidade de eSports. Qual é o significado prático desta decisão? O status de um esporte oficial, antes de tudo, dá uma chance aos representantes da indústria de iniciar um diálogo com o governo.

Possíveis benefícios podem incluir apoio financeiro e informativo para torneios e outros eventos, subsídios para treinamento de iniciantes talentosos e maior desenvolvimento para profissionais, ou a abertura de clubes municipais de informática a pedido da comunidade de uma cidade.

Com relação ao posicionamento dos eSports na sociedade, para operadores de torneios e holdings esportivos como a WePlay Esports, equipes ou comentaristas de jogos, o status oficial do setor oferece uma oportunidade de falar sobre suas atividades para um amplo público e dissipar estereótipos sobre a "não-seriedade" dos eSports. Inúmeros meios de comunicação não essenciais já escreveram sobre esta decisão.

Mas hoje, só podemos adivinhar como este movimento afetará o setor. O tempo dirá.

Que mudanças a WePlay Esports terá como organizadora de torneios após o reconhecimento oficial dos eSports? Isso facilitará de alguma forma o processo de obtenção de licenças ou, inversamente, criará regras burocráticas?

Com o reconhecimento oficial dos eSports, os vistos de entrada para os jogadores de eSports podem parecer semelhantes aos que são concedidos aos jogadores de futebol ou de hóquei. Assim, os membros da equipe, treinadores ou especialistas acompanhantes terão um motivo transparente para solicitar um visto à embaixada e passar tanto tempo em nosso país quanto precisarem para se preparar e participar do torneio.

Outros benefícios legais podem incluir a importação de equipamentos (câmeras, iluminação, telas, etc.), um processo mais rápido e fácil de obtenção de licenças para a construção de arenas esportivas, ou o arrendamento de locais estatais.

Ouvi a opinião de que o rápido desenvolvimento do cenário de semiprofissionais e amadoras de eSports na Ucrânia começará com o status oficial. A WePlay Esports vê uma perspectiva nesta direção, ou você planeja trabalhar mais ativamente com amadores?

Tais desenvolvimentos são bem possíveis. Atualmente, a maior parte dos fundos é destinada ao desenvolvimento do cenário profissional: os mesmos jogadores jogam em equipe. Ao mesmo tempo, para os jogadores que estão dispostos a investir sua alma e gastar tempo no desenvolvimento, as organizações de eSports permanecem fora do alcance. E, para que a indústria se desenvolva, é importante que novos jogadores promissores se juntem a ela.

WePlay Esports está trabalhando para construir um ecossistema que tenha espaço, dinheiro e apoio tanto para o cenário profissional quanto para o semiprofissional. Sem mencionar aqueles que estão apenas interessados em eSports. Por ecossistema, quero dizer torneios, ligas, e a WePlay! Tournament Platform, que permite aos amadores competir com outros jogadores e se aproximar gradualmente do nível dos profissionais.

Como empresa, estamos prontos para oferecer ações ao nosso governo que ajudarão os jovens interessados em jogos competitivos a experimentarem a si mesmos neste campo. Estamos falando de palestras, oficinas com jogadores profissionais e comentaristas de competição, participação em programas de TV para promover a indústria, uma escola para comentaristas e analistas de eSports, a criação de ligas baseadas em universidades, e muito mais.

Traduzido por Caio Oleskovicz